.certificate-info:before { content: "\E086"; font-family: Glyphicons Halflings; }

Blog do BOWWE

Conselhos práticos sobre criação de sites, marketing on-line e desenvolvimento de negócios

Sitebuilders ou WordPress.
Quais são as diferenças? Qual deveria escolher?

Kreatory stron internetowych czy WordPress

Você precisa de um site e não sabe qual plataforma usar para desenhá-lo? Não se preocupe, a leitura deste artigo lhe permitirá expandir rapidamente seu conhecimento sobre este tópico e tomar uma decisão com a qual você ficará satisfeito e permitirá que seu negócio cresça efetivamente. No entanto, antes de começar a ler, pense sobre quais propósitos seu site vai servir. Você vai atualizá-lo com frequência? Qual é o orçamento para sua implementação? Você já respondeu? Comecemos.

 

Como escolher a melhor plataforma para o seu site?

 

Por que isso é tão importante? Porque se você fizer a escolha errada, será condenado a um uso inconveniente e lento do site, e não poderá adicionar novos conteúdos facilmente. Um site que carrega muito lento e não intuitivo impedirá a realização de atividades de marketing eficazes e pode até dificultar a sua localização por parte dos clientes em potencial! Escolher a plataforma errada pode ter um impacto negativo no longo prazo - pode limitar seus lucros e até contribuir para o colapso, porque não é sem razão que se diz: "se você não está na Internet, você não existe ".

 

Escolher a plataforma certa pode parecer complicado, mas nossa guia lhe ajudará com esta importante decisão. Você só tem que seguir os pontos listados abaixo:

 

  1. Descubra o que você pode fazer com o WordPress ou outro sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) e o que você pode fazer com um Sitebuilder.
  2. Analise quais são as necessidades da sua empresa e como você deseja usar o site.
  3. Tome a decisão mais informada possível com a qual você ficará satisfeito.

 

Tempo para um conhecimento teórico útil que o ajudará a entender onde está a diferença entre os criadores de sites e o WordPress.

 

O que é um CMS?

 

Uma plataforma CMS (Content Management Software) está equipada com um painel administrativo que permite fazer alterações no site por meio de uma interface do usuário (e não diretamente no código da página). Essa é uma grande facilitação que permite atualizar o conteúdo da página, e fazer essas alterações têm um impacto significativo nos resultados alcançados pela página nos resultados de pesquisa e, mais importante, na confiança dos clientes que veem que a empresa realmente trabalha. Às vezes, não é quase necessário atualizar a página - somente quando a empresa altera seu perfil ou os detalhes do endereço.

 

No entanto, o usuário médio não poderá fazer todas as alterações no CMS que gostaria de fazer. Adicionar uma nova entrada de blog geralmente não é um problema se você conhece o CMS, mas modificar a aparência da página ou até mesmo a organização de outros componentes é arriscado e geralmente termina com uma página confusa e caótica.

 

A criação de sites baseados no sistema CMS requer habilidades de IT. Você pode fazer isso sozinho se nos limitarmos a alterações muito pequenas e simples no modelo do site - alterando fotos, texto ou adicionando uma subpágina com um layout muito simples. É impossível criar um site bonito e funcional quando você não possui habilidades de programação.

 

O que é o WordPress?

 

O WordPress é basicamente um sistema CMS e, ao mesmo tempo, o software mais popular usado para desenhar sites. Estimações dizem que mais do 30% de todos os sites existentes no momento foram criados com WordPress. Este é um software de código aberto, o que significa que os usuários podem ter acesso ao seu código, que pode ser alterado de acordo com suas necessidades individuais de cada usuário. O WordPress também fornece acesso a atualizações regulares e gratuitas, mas você precisa gastar tempo baixando e instalando elas.

 

Mais o WordPress não é o único sistema CMS desse tipo. Drupal, Joomla!, Serendpity, Typo3 e Chamilo são plataformas concorrentes que muitos desenvolvedores e desenhadores de sites usam.

 

Vale a pena escolher um CMS popular, porque eles oferecem mais opções do que os menos conhecidos - muitas funcionalidades, plugins úteis, vários modelos de sites e tutoriais mostrando como usá-los. Esses sistemas de gerenciamento de conteúdo são confiáveis e constantemente desenvolvidos, o que é muito importante para o futuro do site da empresa. Infelizmente, sua popularidade também tem um lado sombrio - por causa disso, eles são muito mais suscetíveis a ataques de hackers.

 

O que é um Sitebuilder?

 

Um construtor de sites é uma ferramenta usada para a criação de sites. Ele deve ser feito para que todos possam criar seu próprio site - arrastando os elementos a serem incluídos no projeto. Em vez de um painel de gerenciamento de conteúdo, um editor está disponível para adicionar novas subpáginas ou inserir e modificar itens individuais. Graças a isso, podemos ver como será o site ao mesmo tempo que o criamos.

 

Um bom Sitebuilder deve ser muito fácil de usar, permitindo que você crie sites rápidos e com boa aparência. Os melhores deles oferecem a oportunidade de criar páginas para "usuários comuns" e desenvolvedores e permitem, por exemplo, implementar seu próprio código. Existe a possibilidade de usar um modelo pronto, além de criar a página do zero.

 

WordPress vs. Sitebuilders

 

A diferença pode ser vista quando começamos a usar qualquer sistema CMS e qualquer Sitebuilder. Se você quiser apenas verificar como é esse processo, crie uma conta gratuita no WordPress e em vários geradores de sites. Aqui você pode criar uma conta no Sitebuilder gratuito BOWWE. Tudo que você precisa fazer é digitar seu e-mail e senha. Graças a isso, você poderá verificar como o processo de criação da página se parece em várias ferramentas e avaliar qual delas é a mais fácil e se o resultado final atende às suas expectativas.

 

No entanto, as diferenças entre o WordPress e os Sitebuilders também se aplicam a muitos outros problemas. Abaixo você encontrará uma visão geral deles.

 

Kreatory stron www vs. WordPress

8 diferenças entre Sitebuilders e WordPress

 

1. Propósito de existência

 

O WordPress foi criado inicialmente como uma plataforma para fazer blogs e, com o tempo, cresceu muito e começou a oferecer tantas opções e oportunidades que hoje você pode criar com sucesso até mesmo um site muito extenso e complexo. Os sistemas CMS são projetados para permitir a edição básica do conteúdo da página também para pessoas que não possuem habilidades de programação. Sem esses conhecimentos, no entanto, é muito difícil criar um site no CMS e modificar sua aparência ou funcionalidade para se adaptar às suas necessidades. No entanto, isso é possível em Sitebuilders.

 

Os Sitebuilders foram projetados para permitir a criação de um site simples para quem pode operar com o computador, mas muitos deles também oferecem opções para o design de sites muito mais complexos. Nele, você pode gerenciar o conteúdo, mas também criar uma página e adaptá-la às suas necessidades individuais do seu negócio - também são úteis quando você não domina as habilidades de programação ou nao tem nenhuma. O proprietário de uma pequena empresa não precisa contratar mais ninguém e pode cuidar do site por conta própria. O que é mais, o designer gráfico é capaz de aprender a criar páginas e oferecer essas soluções aos clientes.

 

Conclusão: os Sitebuilders e o WordPress são ferramentas de desenvolvimento da web que podem funcionar bem. No entanto, se não tivermos conhecimento técnico, será muito difícil criar um site no WordPress e até mesmo gerenciá-lo. Para o usuário médio, o WordPress pode funcionar se alguém o ajudar na seleção de plug-ins e se for usado principalmente para atualização básica de conteúdo, por exemplo, publicação de entradas no portal. No entanto, se quisermos ter um site sobre o qual tenha controle total e que possa ser criado rapidamente sem habilidades de TI e que seja de fácil uso e livremente alterado - um Sitebuilder é a melhor escolha.

 

2. Usabilidade e complexidade

 

Existe uma opinião generalizada de que o WordPress é fácil de usar. Quando se trata de suas funcionalidades básicas, como a publicação de entradas, é verdade e você pode aprender rapidamente com as informações disponíveis na web. No entanto, se queremos fazer algo mais do que substituir o conteúdo do modelo pronto, você não pode fazê-lo sem o conhecimento de HTML e CSS, e a obtenção desse conhecimento é difícil e demorada.

 

Por sua vez, os melhores Sitebuilders são muito fáceis de usar e criar, de modo que o usuário pode adivinhar intuitivamente quais ações executar para obter o efeito desejado. Os geradores de sites são equipados com uma interface amigável com ícones assinados, o que facilita ainda mais a criação de sites por pessoas inexperientes. Basta arrastar os elementos para o projeto e colocá-los onde deseja que eles estejam. Todo mundo é capaz de aprender, mesmo uma pessoa sem habilidades técnicas.

 

Tanto o WordPress quanto os Sitebuilders populares oferecem muitos materiais educacionais que mostram como usá-los corretamente. No caso dos Sitebuilders, esses tutoriais permitem não apenas ampliar o conhecimento ou aprender ferramentas, mas também mostram claramente como criar seu próprio site passo a passo. Tudo o que você precisa fazer é seguir as instruções para realizar o design do seu próprio site.

 

3. Personalização e design

 

O WordPress permite que você crie um site extenso, mas para isso, é necessário um conhecimento profundo desse sistema e a capacidade de programar em HTML, CSS e JavaScript. Uma vantagem inquestionável é a disponibilidade de um grande número de modelos para WordPress (pagos e gratuitos), com base nos quais você pode criar seu próprio site. No entanto, a capacidade do usuário médio de personalizar esses modelos é muito limitada. No WordPress, você também pode criar um site com base em seu próprio design gráfico, mas isso requer habilidades de programação.

 

Quando se trata de Sitebuilders, alguns oferecem dezenas ou até centenas de modelos, outros oferecem um número muito menor. Como no caso do WordPress, não há escassez de modelos dedicados a um setor específico, e esses modelos são escolhidos ansiosamente pelos proprietários de pequenas empresas. A diferença é que os modelos podem ser modificados com muito mais facilidade e rapidez - removendo ou inserindo elementos em um construtor de sites. Também é muito mais fácil criar um site do zero, usando suas próprias idéias. Basta projetar bem o layout e carregar todos os seus elementos e, finalmente, colocá-los no lugar certo. No início, essa "criação de página" pode causar pequenas dificuldades, mas é incomparavelmente mais simples do que criar uma página no WordPress. Por esses motivos, os criadores de sites são frequentemente usados ​​por designers gráficos para criar sites para empresas. Graças a isso, eles podem ganhar mais: não apenas são pagos pela criação de um design gráfico, mas também por sua implementação. Eles também não precisam arcar com os custos associados à compra de software gráfico, como: Adobe Photoshop ou Adobe Illustrator, porque no Sitebuilder eles imediatamente criam uma página, não apenas o design, e funcionam quase da mesma maneira que nas ferramentas de desenho anteriores.

 

É importante ressaltar que os melhores criadores de páginas permitem visualizar a aparência da página em diferentes dispositivos (computador, laptop, tablet ou celular). Um editor separado para dispositivos móveis permite melhorar a aparência do site e obter o efeito mais amigável possível ao exibir páginas em dispositivos móveis, que hoje constituem cerca de 50% de todos os usuários.

 

4. Qualidade dos modelos

 

O WordPress oferece um grande número de modelos para fazer seu site - tanto gratuitos e pagos. Você pode encontrar facilmente um modelo para um blog, site da empresa ou loja on-line para todos os setores diferentes. Vender modelos próprios para WordPress é uma atividade bastante popular. Essas pessoas podem ter um grande senso de estética, mas nem sempre têm conhecimento de marketing e negócios, e é por isso que esses tipos de modelos de página não necessariamente ajudam as empresas a atrair novos clientes e gerar vendas.

 

Um problema semelhante pode ocorrer no caso dos Sitebuilders. Portanto, vale a pena prestar atenção se o modelo está equipado com elementos que permitem atrair clientes e aumentar sua lealdade - por exemplo, opiniões, cupons, reservas de visitas on-line ou portfólio. Tais soluções foram incluídas nos modelos do BOWWE adaptados às necessidades das pequenas empresas.

 

Alguns criadores de sites oferecem modelos de qualidade muito alta, outros são médios ou não muito bons. Sempre vale a pena comparar um modelo para um determinado setor com vários criadores de páginas e avaliar seus prós e contras. A estética é muito importante, mas não deveria ser o único no que você preste atenção. Um bom modelo deve ser estruturado para ajudar a atrair clientes online. Ao revisar os modelos disponíveis, preste atenção nele e pense: se você visitou um site assim, se sentiria motivado a enviar uma consulta, usar um cupom ou marcar uma visita?

 

A popularidade dos modelos do WordPress também é uma questão importante. Ao escolher esse modelo, devemos estar familiarizados com o fato de que milhares de outros sites da empresa já foram criados em sua base, talvez também o site de um concorrente (você deve verificar isso). Em um criador de página bem pensado, você pode implementar facilmente seu próprio design gráfico, alterar a ordem e o arranjo dos elementos, para evitar uma situação em que alguém tenha quase o mesmo site que o seu. Essa página parecerá pouco profissional e, além disso, essa situação afetará adversamente a posição da página nos resultados da pesquisa.

 

5. Plugins e aplicativos

 

Milhares de plugins e complementos - é isso que o WordPress nos oferece. No entanto, um número tão grande deles geralmente não é uma vantagem, mas um obstáculo. Os plugins são criados por várias empresas e oferecidos no WordPress - de graça ou pagos. Com tantas opções, você pode se perder facilmente e ter problemas para escolher o melhor plugin do tipo. Você também deve prestar atenção para não instalar dois plugins que fazem coisas semelhantes, porque eles não apenas ocupam espaço, mas também se "interrompem". Em geral, muitos plugins tornam a página mais lenta, diminuem sua posição no Google e dificultam o gerenciamento de suas configurações. O problema também é a falta de atualizações automáticas de plugins e a necessidade de verificar frequentemente se há atualizações. Se nos esquecermos de fazê-lo, os plugins podem ser incompatíveis com o nosso site ou perigosos, porque nos expõem a ataques de hackers.

 

Para os Sitebuilders, a situação é complexa. Existem aqueles que não oferecem plugins ou aplicativos e outros oferecem muitas dessas soluções. O mais importante é que essas são ferramentas que dão suporte às operações de negócios, ou seja, o processo de aquisição de clientes e construção de sua lealdade. Alguns criadores de sites geralmente oferecem plug-ins de outros fornecedores e outros também têm seus próprios plug-ins. BOWWE oferece apenas seus próprios aplicativos que funcionam perfeitamente em conjunto e usam a mesma base de clientes. Por exemplo, o aplicativo Cupons pode enviar um cupom para qualquer usuário que tenha usado os aplicativos Eventos, Reservas on-line, Opiniões ou Cupons, e geralmente os aplicativos podem fazer isso automaticamente, por exemplo o aplicativo Opiniões pode enviar um pedido de feedback ao usuário que baixou o cupom.

 

6. SEO e optimização

 

O WordPress permite uma otimização abrangente do site em termos de mecanismos de pesquisa, mas fazer isso requer de certo conhecimento especializado. Normalmente, os usuários que sabem que vale a pena refinar o site para SEO limitam-se a suplementar o meta título e a meta descrição. Às vezes, eles usam plugins feitos especialmente para o SEO, por exemplo Yoast SEO, plugins para cache (gerando uma versão estática da página) ou para otimizar imagens. Como o WordPress dá acesso ao código, permite modificá-lo para que seja mais amigável aos mecanismos de pesquisa. Você também pode usar um plugin para otimizar o código.

 

A desvantagem do WordPress é que ele é complicado e sua adaptação ao SEO exige muito conhecimento. A falta desse conhecimento específico pode ser um obstáculo para os usuários que criam páginas a partir de modelos do WordPress. Esses modelos também costumam ser de baixa qualidade e reutilizados, o que reduz a posição das páginas usando-os. A instalação de um grande número de plugins dificulta o posicionamento e, além disso, os servidores lentos e de baixa qualidade nas quais as páginas são instaladas frequentemente afetam negativamente a posição do site nos resultados da pesquisa.

 

Muitos usuários criados em sites WordPress nem mesmo atualizam o conteúdo, e isso tem um efeito positivo nas posições alcançadas nos resultados da pesquisa. Além disso, muitos usuários do WordPress esquecem de atualizar os plugins ou não sabem como executá-los, o que faz com que as páginas contenham erros que também afetam o posicionamento do site. Também vale lembrar que os sites criados no WordPress são frequentemente vítimas de hackers, que enviam spam de domínios em que invadiram.

 

Após esse ataque, as boas posições do site em um domínio não são mais recuperáveis ​​e, além disso, quando esse spam é enviado - os proprietários do domínio do qual ele foi criado podem ter problemas legais.

 

Ao escolher um Sitebuilder, você deve prestar atenção se ele concede acesso ao código, porque se assim for - ele permite que você o optimize. Como regra, as páginas criadas neles realizam automaticamente a otimização no escopo básico, por exemplo, "URLs amigáveis" (xyz.pl/oferta/seu-produto, não xyz.pl/2452657) ou oferecem a possibilidade de complementar o meta título e meta descrição para cada subpágina. Também vale a pena prestar atenção se a ferramenta permite usar os cabeçalhos H1 e H2, adicionar atributos ALT e de título às imagens e definir os redirecionamentos de sub páginas desatualizadas para as atuais. Alguns criadores também podem oferecer plugins (geralmente pagos) que irão acelerar o site e ajudá-lo a se adaptar aos requisitos do Google.

 

Muitas vezes, pode acontecer que, em termos de SEO, o Sitebuilder seja uma solução melhor do que o WordPress ou outros sistemas CMS. Isso ocorre porque os desenvolvedores que geralmente trabalham na criação de Sitebuilders são decisivamente mais qualificados quando comparados àqueles que criam modelos de sites. Vale acrescentar que os criadores de Sitebuilders têm os mesmos servidores que os clientes, por isso se preocupam com a qualidade desses servidores, pois isso tem um grande impacto no futuro dos negócios.

 

BOWWE é um Sitebuilder que foi projetado com o objetivo de manter os mais altos padrões de SEO e posicionamento das páginas. Os desenvolvedores que o criaram garantiram que todos os problemas discutidos acima fossem resolvidos, para que o usuário não tivesse que se preocupar com eles.

 

7. Seguridade e Atualizações

 

Devido à enorme popularidade do sistema CMS WordPress, as páginas construídas nele são frequentemente alvo de ataques de hackers. O hacking é frequentemente usado para fazer novos ataques ou enviar spam. Isso tem consequências graves e muitas vezes irreversíveis. Mesmo que você consiga restaurar a página, o histórico incorreto do domínio impedirá que você atinja boas posições nos resultados de pesquisa. Portanto, o número de pessoas que acessam seu site diminuirá definitivamente e isso se traduzirá em menos clientes. Normalmente, após esse ataque, não há mais nada a fazer além de reconstruir a página novamente e colocá-la em um domínio diferente.

 

Os hackers usam programas que visitam sites e, quando uma página criada no WordPress é encontrada, o programa ataca automaticamente.

 

Às vezes, um site criado no WordPress pode estar em perigo devido à falta de atenção dos usuários que baixaram modelos e plugins relacionados que podem estar infectados. Os hackers também podem fazer colocar um arquivo malicioso e assumir o controle de um site ou blog dessa forma.

 

No WordPress, um problema comum também é a necessidade de atualizar frequentemente plugins e o próprio WordPress. É fácil se esquecer e, além disso, muitas vezes, as pessoas que administram o site desejam deixar isso para depois para verificar se o site ainda parece bom após a atualização dos plugins. Eles geralmente fazem isso depois de algum tempo, e plugins desatualizados podem ser infectados, tornando a versão mais antiga do WordPress potencialmente perigosa.

 

Os Sitebuilders são mais "resistentes" a hackers do que os sistemas CMS. Não foram observados ataques em massa contra eles, e os widgets e plugins disponíveis nos Sitebuilders são atualizados automaticamente.

 

8. Preços e custo real

 

Teoricamente, o WordPress é um software livre, mas isso não significa que o site será gratuito. Se você criar uma página no WordPress.com, ela estará hospedada nos servidores WordPress e, no WordPress.org, podemos baixar arquivos e instalá-los em nosso próprio servidor. Isso pode ser feito de graça, mas você deve levar em consideração outros custos adicionais - hospedagem, modelo, domínio, plugins.

 

O maior custo é projetar a página no WordPress e, em seguida, pagar pelas alterações necessárias no site, que os usuários não poderão fazer por conta própria. Os empresários geralmente não estão cientes desses custos adicionais. No entanto, a maioria das empresas estão desenvolvendo, alterando a oferta e, portanto, precisam de alterações em seus sites. No WordPress, é difícil modificar o conteúdo da página sozinho. Para não estragar o efeito visual ou remover qualquer funcionalidade, você precisa entregar o trabalho de implementar correções a um especialista. As empresas também costumam pagar uma taxa pela administração do site. Também é necessário atualizar o site várias vezes ao ano e, se alguém fizer isso por nós - também arcaremos com os custos. Além disso, como resultado de atualizações, muitas vezes algumas funcionalidades do site param de funcionar e você também precisa pagar pela reparação.

 

W większości kreatorów stron istnieje możliwość stworzenia i opublikowania strony za darmo. Jednak wtedy zawsze na stronie będą się pojawiały reklamy danego kreatora stron, a witryna zostanie opublikowana w domenie tego kreatora i nie będzie możliwości podpięcia własnej domeny. 

 

A maioria dos Sitebuilders oferecem a possibilidade de criar e publicar o site gratuitamente. A desvantagem é que os anúncios do Sitebuilder sempre serão exibidos na página e o site será publicado no domínio desse criador, e não no seu. Os preços da página criada nos. No BOWWE por 12 euros por mês você conectará seu próprio domínio e poderá criar um site responsivo e amigável para SEO sem anúncios.

 

No caso dos Sitebuilders, assim como no WordPress, você deve ter em consideração os custos de hospedagem, domínio e aplicativos que precisará usar. No entanto, se você mesmo criar a página - você economizará muito dinheiro. Certamente será capaz de gerenciá-lo e fazer alterações nele por conta própria, para evitar os custos associados à administração do site e às correções. O dinheiro economizado dessa maneira pode ser usado para promover ou expandir seu site e chegar ao seu público-alvo.

 

Sitebuilders x WordPress: qual opção você deve escolher para criar seu site?

 

Agora que você tem mais conhecimento sobre a matéria, será mais fácil responder a essa pergunta, mas provavelmente precisará de algum conselho.

 

Se você deseja ter um site em seu próprio servidor, escolha WordPress. Lembre-se: isso envolve custos que você deve pagar para criar, manter e atualizar seu site. No entanto, se esse não for um aspecto importante para você, um bom Sitebuilder será uma solução muito melhor que permitirá editar o conteúdo de maneira rápida e fácil, além de focar no desenvolvimento de seus negócios.

 

Jaki kreator stron internetowych wybrać

 

Sitebuilders - vantagens e desvantagens:

 

Vantagens:

 

  • Simples e intuitivo em uso para o usuário médio da Internet.
  • Auto-suficiência: a capacidade de criar o site você mesmo e fazer alterações nela.
  • Custos relativamente baixos *.
  • Pouco tempo para criar o site.
  • Atualizações e backups regulares.
  • Impermeável a ataques de hackers.
  • Nenhuma habilidade de desenho gráfico ou de programação é necessária.

 

*Vale a pena analisar as listas de preços, porque também existem criadores de sites que cobram grandes taxas com funções que você não precisa

 

Desvantagens:

 

  • Os criadores de páginas da Web podem não conter algumas funcionalidades necessárias para uma empresa de um setor específico.
  • A necessidade de usar os servidores do Sitebuilder fornecido.
  • Dificuldade para criar uma página grande com uma estrutura complexa.
  • Em alguns casos - um pequeno número de materiais de instrução disponíveis.
  • Às vezes, não há acesso ao código da página e às possibilidades de otimização
  • Às vezes, não é possível implementar soluções complexas por limitações técnicas.

 

WordPress - prós e contras:

 

Vantagens:

 

  • A capacidade de hospedar a página em seu próprio servidor.
  • Uma grande variedade de modelos e plugins do WordPress.
  • Painel de gerenciamento de sites que permite adicionar conteúdo simples e novo.
  • A popularidade da ferramenta garante uma grande quantidade de materiais relacionados ao suporte ao WordPress.
  • Estabilidade do software - existe desde 2003 e está sendo constantemente desenvolvido.

 

Desvantagens:

 

  • Custos relacionados à administração do site e à correção bastante altos.
  • Você provavelmente precisará de ajuda para atualizar o site e modificar páginas.
  • Maior Vulnerabilidade a ataques de hackers.
  • A necessidade de atualizar os plugins do WordPress com certa frequência.
  • O site não está adaptado às necessidades das pequenas empresas.

 

Você vai escolher o WordPress ou um Sitebuilder? Antes de decidir, teste o BOWWE - uma ferramenta de criação de sites fácil de usar, criada para pequenas empresas. 

 

Crie uma conta no BOWWE e crie seu site.

Share:

Pronto para construir seu próprio site?

Não se preocupe, nós ajudaremos você! Nós também podemos fazer isso por você!

iniciar
banner image

Pronto para construir seu próprio site?

iniciar
1